Junho e julho agitam municípios mineiros

Sávio repetiu nos últimos meses visitas que faz habitualmente a municípios mineiros durante todo o mandato. Pôde comprovar mais uma vez que a maioria deles reedita a tradição das festas típicas. Muito forró e muita comida tradicional unem os mineiros nesse período, também movimentando a economia local.

Antes restritas ao Dia de São João, 24, as festas típicas ocupam atualmente todo o calendário de junho e até avançam pelo mês de julho. Sávio, um apreciador da culinária mineira, comenta que a temperatura mais fria do início do inverno, favorece a oferta das calóricas iguarias juninas. Quanto às danças e às músicas, ele relata que elas, ao lado da quadrilha tradicional, evoluíram para o forró e para as mais variadas manifestações de música sertaneja.

“Duplas e duplas se revezam nas festas mineiras por todo o Estado”, observa o deputado. Ele assistiu à abertura do 27º Forró da Vila em Gouveia em 8 de junho e, no dia 9, estava em Santo Hipólito para a I Quadrilha Solidária. Festa grande ele assistiu também em Presidente Juscelino no dia 29 do mês. Segundo o deputado, o 29º Forró de Paraúna, que a cidade realiza com entusiasmo, é evento pra ninguém botar defeito. E o que dizer então do 38º Forró de Curvelo em 8 de julho? “Sem palavras”, conclui o deputado.