SES-MG contribui para funcionamento pleno do Hospital do Barreiro

Numa nova demonstração de que todo o possível foi e continuará sendo feito pela Saúde em Minas, a SES-MG publicou a Resolução nº 5.991, contendo duas medidas em favor do início do funcionamento pleno do Hospital Metropolitano Doutor Célio de Castro, o Hospital do Barreiro, em Belo Horizonte.  Incluiu o hospital no Pro-Hosp Gestão Compartilhada, programa do Sistema Único de Saúde (SUS). E previu a destinação de recursos estaduais para, de forma compartilhada com a União e a Prefeitura, custear seu funcionamento.

Crédito: Manoel Marques/imprensa-MG

Participação da SES-MG  –  Com a publicação da Resolução nº 5.991, de 7 de dezembro de 2017, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) incluiu o Hospital do Barreiro no Pro-Hosp Gestão Compartilhada. O programa, de responsabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS), tem como objetivo reduzir os vazios assistenciais e o déficit de leitos hospitalares estratégicos em macro ou microrregiões de saúde.  A Resolução previu ainda repasse mensal do Estado da ordem de R$ 5,32 milhões para custeio do funcionamento da moderna casa de saúde. Na solenidade comemorativa, realizada em 12 de dezembro, aniversário de 120 anos de Belo Horizonte, o secretário Sávio foi representado por seu adjunto, Nalton Sebastião Moreira da Cruz. Em sua fala, o secretário adjunto destacou que o hospital “está muito bem equipado, muito bem estruturado” e que representa uma importante conquista não só para a população da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), mas para a população de todo o Estado de Minas Gerais”.

Foto: Manoel Marques/Imprensa-MG

Histórico – O Hospital do Barreiro foi construído pelo município, o primeiro de iniciativa municipal em Belo Horizonte nos últimos 72 anos, com o objetivo de oferecer acesso universal e gratuito e ser 100% SUS. Com localização na Rua Dona Luíza, nº 311, Bairro Milionários, na Região do Barreiro, teve sua construção viabilizada por meio de Parceria Público-Privada (PPP) e foi inaugurado em 2015, no aniversário de 118 anos de Belo Horizonte. Vinha, no entanto, operando abaixo de sua capacidade, especialmente devido à falta de recursos para o custeio de seu funcionamento. Neste ano de 2107, um grande empenho reuniu forças do Ministério da Saúde, do governo do Estado e da própria Prefeitura para viabilizar o funcionamento pleno do hospital.  Desde o último dia 12 de dezembro, data do aniversário de 120 anos de Belo Horizonte, o Hospital do Barreiro funciona com 100% de sua capacidade.

Melhorias –  O funcionamento pleno do Hospital do Barreiro diminui cerca de 36% do tempo de espera por atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da RMBH  e tira delas 80% das pessoas que tinham de esperar por internação. Isso porque agora o hospital tem condições de receber até 2 mil internações (sendo mil delas cirúrgicas) e de fazer 3,4 mil consultas de pré e pós-operatório e 20 mil exames por mês. Com área de 46 mil², 13 andares e um heliponto, a moderna casa de saúde conta com 460 leitos, sendo 220 de clínica médica, 100 cirúrgicos, 80 de CTI, 35 de AVC, 10 de decisão clínica e 15 de hospital-dia. São 16 salas de cirurgia e uma moderna estrutura para exames de alta e média complexidade, como biópsias, raio X e tomografia. Mas atenção: o hospital não tem pronto-socorro e, por isso, não atende pacientes sem encaminhamento da Central de Internação e da Central de Marcação de Consultas e Exames da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte.